Carta ao Presidente da Funai

logo iperegayu

Nós fizemos a primeira ocupação no dia 16 a 19 de julho de 2017 da Usina de São Manoel para defender Dekuka’a e Karobixexe que o governo (FUNAI, IBAMA, ICMBIO, IPHAN) as hidrelétricas São Manoel e Teles Pires sujaram e destruiram. Reunimos com o presidente da Funai, com os representantes das empresas e filmamos tudo e todos eles os Pariwat assinaram documento com compromissos com nosso povo.

O MPF do Mato Grosso acompanhou tudo. Uma audiência na Missão Cururu devia contar com a presença de todo mundo mas o presidente da Funai não apareceu e nem os representantes das empresas.

Nós fizemos uma outra ocupação e as empresas e o governo jogaram bomba na gente, bem na hora do nosso ritual. O Presidente da Funai não disse nada e ainda mandou funcionários seus que gostam de conversar com garimpeiros que estão destruindo o rio das Tropas no Alto Tapajós e no rio Jamaxim no médio Tapajós.

Agora o presidente da Funai vem dia 28 de novembro a Terra indígena Munduruku na aldeia Katõ usando desculpa de que vai discutir a situação da Funai. Não temos culpa da Funai não funcionar. Não queremos que venha pra cá  pra mentir mais uma vez.

O que vai falar o presidente da Funai¿ Vai pedir desculpas porque a Funai quer arrendar a terra dos indígenas¿ Nós munduruuku sabemos plantar e temos nossa criação, não precisamos de pariwat pra fazer isso.

O presidente da Funai vem pedir desculpas porque seus funcionários mesmo sabendo da existência de garimpo na  nossa terra, não fazem nada¿

O presidente da Funai vem pedir desculpas por não fazer nada¿ Nós entendemos que o presidente da Funai está no cargo por outros motivos e não pra defender os povos indígenas.

Nós do Movimento Iperegayu não acreditamos nesse presidente pariwat. Se o presidente quer vir ao nosso território mostre pra nós quantas terras indígenas foram demarcadas desde que ele entrou na Funai. Mostre quantos projetos que vão destruir o território dos povos indígenas foram enterrados desde que ele entrou.

A nossa pauta o presidente já conhece, mas vamos lembrar mais uma vez.

PAUTA DO MOVIMENTO IPEREGAYU

  • Demarcação da Terra Indígena Sawre Muybu no território Dajé Kapap Eipi
  • Investigação da contaminação por mercúrio nos rios do território munduruku.
  • Expulsão dos garimpeiros do território munduruku
  • Expulsão dos funcionários corruptos da Funai.
  • O pedido de desculpas das empresas e do governo ao povo munduruku por terem destruído nossos locais sagrados.
  • Prender o assassino do Adenilson Krixi que morreu na invasão da Policia Federal na aldeia Teles Pires.
  • A continuidade do nosso projeto de educação Ibaorebu
  • Essa é nossa pauta. Se o presidente não atender nossa pauta, não tem porque vir aqui.

 

Movimento Iperegayu

10 de Novembro de 2017

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s